Redam oferece redução de 100% de juros e da multa de mora


Publicado em Fevereiro 1, 2021

Arte: CRCMT

Por Amanda Oliveira

Comunicação CFC

Profissionais e organizações contábeis inadimplentes podem regularizar sua situação junto aos Conselhos Regionais de Contabilidade (CRCs) até o dia 31 de maio. A Resolução CFC n.º 1.611, que dispõe sobre o Regime de Parcelamento de Créditos de Anuidades e Multas (Redam), foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) no dia 28 de dezembro de 2020.

Na prática, poderão ser pagos os débitos vencidos até 31 de dezembro do ano passado, de profissionais e de organizações contábeis, incluindo o saldo remanescente de parcelamentos anteriores. O pagamento pode ser realizado à vista ou em até 18 vezes no cartão de crédito com juros (*). Faça uma simulação de pagamento no cartão de crédito, clicando aqui.

O programa prevê a possibilidade de quitação dos débitos de exercícios anteriores provenientes de anuidades e multas de infração e de eleição, atualizados monetariamente e calculados até a data do recolhimento pela variação do Índice Nacional de Preço ao Consumidor Amplo (IPCA), com redução de 100% sobre multa de mora e juros.

A adesão ao Redam poderá ser feita pela página do CRC na internet ou presencialmente. Para mais informações, os profissionais devem procurar os Conselhos Regionais de sua jurisdição. Leia a resolução na íntegra, clicando aqui.

*Os encargos cobrados pela empresa do cartão de crédito ficarão a cargo dos profissionais. Veja a seguir a tabela de juros praticada pela operadora:

Mais Notícias

Conheça as novidades para o Imposto de Renda 2021

Por Lorena Molter Comunicação CFC/Apex A Receita Federal do Brasil (RFB) apresentou, na tarde desta quarta-feira (24), por meio de […]

Comunicado: Telefonia fixa do CRCMT encontra-se em manutenção

Informamos que a telefonia fixa do CRCMT encontra-se em manutenção. Enquanto isso, pedimos que ligações ou demandas sejam direcionadas aos […]

Empresas inativas por mais de 10 anos é pauta de reunião entre Jucemat, CRCMT e Sescon

Mais de 13.065 empresas poderão tornar-se inativas na Junta Comercial de Mato Grosso até 31 de março de 2021. Por: […]

Mais Notícias